O lançamento do Edital Recurso Semente é sempre um momento de muito entusiasmo aqui no Colabora Moda. Ele consiste na distribuição de um recurso em dinheiro a iniciativas ou negócios que desenvolvam soluções para uma moda regenerativa. Mas, mais ainda, esse edital concretiza nossa visão de que fazer moda sustentável passa por agir em rede, já que fortalece o nosso ecossistema. É como se cada projeto contivesse sementes de transformação para o nosso setor. Assim, vamos mostrando na prática que a transição de modelo na moda não pode ser feita individualmente.  

Desde seu início, em 2019, o Recurso Semente Colabora Moda Sustentável já foi concedido a 13 iniciativas ou negócios e seus desdobramentos. Essas iniciativas contribuíram com muitos aprendizados, testaram metodologias e apresentaram resultados concretos que nos ajudam a avançar na nossa Teoria da Mudança. Neste sexto Edital, selecionamos propostas que pretendem atuar colaborativamente para uma moda regenerativa e que (bem importante!) apoiam e aplicam as Recomendações para a Moda Sustentável. 

 

 

Segundo Kelly Matias, consultora da Reos Partners e parte da coordenação Colabora Moda, “foi bastante difícil escolher três propostas entre as oito recebidas. Todas eram de uma qualidade incrível!” Conheça abaixo as três iniciativas vencedoras, além de algumas palavras de seus representantes que tanto abrilhantaram o nosso encontro de membros Colaborantes do dia 30 de março, quando aconteceu a divulgação dos resultados: 

 

Fibras do Cuidado 

Parceria entre o Instituto Modefica (representado por Marina Colerato), a Escola Ewa Poranga (representada por Julia Vidal), Flavia Aranha e Daniela Rosendo. O objetivo é sistematizar as experiências e os conhecimentos adquiridos por parte de grupos que produzem fibras, ampliando o alcance dos conhecimentos ligados às redes alternativas focadas em regeneração ambiental e social. Esse projeto é um desdobramento do relatório Fios da Moda, que também foi apresentado no âmbito do Colabora Moda. 

“São difíceis e complexas as trocas entre pessoas de universos muito diferentes que querem construir redes produtivas alternativas. Não só pelas dificuldades materiais, mas também pelas dificuldades subjetivas. É importante ter uma metodologia baseada na práxis, e nossa proposta é fazer isso por meio de uma práxis ecofeminista, que é uma perspectiva que dá conta das diferentes formas de opressão. Estamos falando de raça, de classe, de gênero, de um contexto latino-americano.”
____Marina Colerato   

Objetos Têxteis

Parceria entre a Trama Afetiva (representada por Jackson Araújo), a Revoada (representada por Itiana Pasetti) e o Instituto Proeza. É fruto de um projeto anterior, o Flores Astrais, apoiado pelo edital Recurso Semente em julho de 2021. Foi lá que uma tecnologia manual surgiu no processo de montagem da coleção, transformando guarda-chuvas em novelos de fitas próprias para crochê e tricô. O recurso vai apoiar a produção de objetos têxteis pelas artesãs do Instituto Proeza. 

“É muito bacana estar dentro do Colabora Moda, uma rede que impulsiona você a se desafiar. (…) Os novelos dão uma nova materialidade ao nylon, além de trazerem para o centro do projeto uma relação de integração de corporeidades políticas excluídas e subalternizadas, mulheres crocheteiras e tricoteiras que foram retiradas de zonas de vulnerabilidade e de violência doméstica. Acreditamos que ampliar a rede de regeneração é o grande sentido do processo. A moda não é mais sobre roupas, mas sobre pessoas.”

_____ Jackson Araújo    

Podcast A Última Moda 

Proposta de Eloísa Artuso e do Instituto FEBRE, prevê o desenvolvimento dos roteiros da sua primeira temporada – que terá 5 episódios. O objetivo é desconstruir o modelo de desenvolvimento que orienta a indústria da moda e entender os desafios para chegar a caminhos alternativos de produção e consumo. 

“Queremos explorar as intersecções entre clima, gênero e moda. Viemos com um olhar muito crítico e questionador das estruturas hegemônicas, para que de fato possamos pautar justiça social e ambiental, trabalhando em torno disso com foco na justiça climática e de gênero. Nossa proposta para o podcast é buscar fontes e referências com diferentes pontos de vista para construir  narrativas ao longo dos episódios – pautadas no conhecimento científico e olhando para o que vem de comunidades tradicionais e da sabedoria do fazer.” 

____ Eloísa Artuso

Acompanhe as nossas redes e publicações no blog para ficar por dentro das atualizações desses projetos que têm muito a impactar na moda brasileira. E obrigada a todas as pessoas que submeteram projetos ao Edital Recurso Semente, contem com a gente para torná-los realidade!